Não há dúvidas de que a violência está presente em todos os lugares, inclusive nos video games. Enquanto em alguns títulos ela é explorada de forma mais branda, em outros o festival de dor e agonia pode ser algo extremamente impactante. 

Quem não se lembra da cena do aeroporto em Call of Duty: Modern Warfare 2? Ou mesmo a opção de eliminar ou não um personagem em Fallout 3 e banhar sua filha em sangue e outras coisas? Se isso ainda é pouco, que tal a ideia de ser decapitado por um dos oponentes de Resident Evil 4

Esses e muitos outros momentos certamente tiraram a paz de muitos ou geraram diversos conflitos entre realizar ou não uma ação. E não se espante caso tenha titubeado ou se espantado por algum motivo ao ver cenas mais fortes: isso é normal. 

A seguir, você confere jogos que apresentam algumas dessas situações. Não há uma ordem de preferência, e aproveitamos a ocasião para lançar a seguinte pergunta: qual foi a cena mais marcante para você? Utilize o espaço para comentários e compartilhe sua opinião com os demais leitores. 

1. Call of Duty: Modern Warfare 2

  • Plataformas: PlayStation 3, Xbox 360 e PC 

Era para ser um dia normal em um aeroporto. Pessoas possivelmente esperando para viajar a trabalho, enquanto outras apenas aguardavam o início de merecidas férias. Porém, tudo isso vai por água abaixo em poucos segundos. 

Assim que a fase começa, o jogador percebe que possui uma metralhadora carregada nas mãos e pode escolher entre fazer parte ou não do massacre. Caso opte por não disparar uma bala contra os civis, ainda assim não estará salvo de ver um banho de sangue, já que seus aliados não demonstram dó ou compaixão e atiram para matar todos que estão no caminho. 

2. Fallout 3

  • Plataformas: PC, PlayStation 3 e Xbox 360 

Jogos de RPG ocidentais costumam trazer vários pontos nos quais você pode decidir entre realizar ou não uma ação. E com o momento em que você acaba de adquirir uma arma em Fallout 3 não poderia ser diferente. 

A situação está lá: a arma, um alvo (e sua filha) e a escolha de matá-lo ou não com um tiro na cabeça. Caso opte por dizimar o azarado, prepare-se para ver um belo buraco em sua “jaca”, além de fazer a criança correr desesperada com a cena que acabou de presenciar. 

3. Resident Evil 4

  • Plataformas: PC, PlayStation 2, PlayStation 3, Wii, Xbox 360 

Leon passa por momentos realmente complicados em Resident Evil 4, e em um deles o protagonista é capaz de, literalmente, perder a cabeça. Quando isso acontece? Espere o inimigo com uma serra elétrica cruzar seu caminho e fique parado para conferir o resultado – que não é nada agradável. 

4. The Legend of Zelda: Wind Waker

Plataformas: GameCube e Wii U 

Tudo bem, a Nintendo é conhecida por não promover banhos de sangue em seus jogos. Porém, a batalha final entre Link e Ganon em The Legend of Zelda: Wind Waker é digna de menção nessa lista. 

Após vários ataques, quando Link percebe que o oponente já está quase sem forças ele salta sobre o adversário e perfura sua cabeça com a espada. Um final que talvez muitos não esperassem, mas que certamente fez com que tudo terminasse de forma impactante. 

5. Soldier of Fortune

  • Plataformas: PC, Dreamcast e Commodore 64 

Se você quer violência gratuita, o lugar é aqui. Soldier of Fortune é um jogo de tiro em primeira pessoa que, não importa onde o oponente seja atingido, litros de sangue vão jorrar na sua frente. Isso sem falar nas mutilações, como você pode conferir no vídeo que está na janela acima. 

6. Dead Space 2

  • Plataformas: PC, PlayStation 3 e Xbox 360 

Dead Space é uma série que se baseia mais em sustos que em sangue jorrando. Porém, uma cena em Dead Space 2 pode gerar bastante desconforto em algumas pessoas. 

A cena, que você confere no vídeo acima, é de um momento no qual o protagonista precisa ter um de seus olhos perfurados. Apesar de ser algo certamente incomodo, você consegue sobreviver e continuar por aí para contar história se fizer tudo corretamente, mas caso erre o resultado não é algo muito divertido... 

7. Carmageddon

  • Plataformas: PC, PlayStation, Nintendo 64 

Quem viveu a época do lançamento de Carmageddon deve se lembrar que o game foi censurado em diversos países. O motivo? Bem, esse é um jogo de corrida no qual você é bonificado ao atropelar pedestres, e isso já explica muita coisa. 

8. Mortal Kombat

  • Plataformas: Arcade, Super Nintendo, Mega Drive 

A série Mortal Kombat sempre foi conhecida por sua violência, mas quem não se lembra do impacto ao ver, pela primeira vez, os famosos “fatalities” que marcaram a franquia? Dentre eles podemos mencionar o de Kano, que simplesmente arrancava o coração de seu oponente do peito e o exibia enquanto ainda pulsava. 

9. Phantasmagoria

  • Plataforma: PC 

Fato: pancadas de qualquer tipo na cabeça doem. Se apenas acertá-la na parede ou em outro lugar já é o suficiente para fazer gritar de dor algumas vezes, imagine se colocar na situação apresentada no vídeo acima... 

10. Spec Ops: The Line

  • Plataformas: PC, Xbox 360 e PlayStation 3 

Jogos de guerra costumam ser violentos, mas poucos tiveram coragem de mostrar o lado frio e a brutalidade desses confrontos como Spec Ops: The Line. Caso ainda não tenha conferido o game, fica aí a sugestão de um título que possivelmente é o mais próximo daquilo que deve acontecer em batalhas do gênero.