Se você ainda não terminou as joias lançadas no início deste ano nos games, eis uma oportunidade de ouro para tentar enxugar a lista de pendências e ceder espaço aos vindouros lançamentos dos próximos meses. Jogos não são como filmes ou livros, que podem ser desfrutados com relativa rapidez. Aqui, a disputa fica párea com as séries: há títulos que ocupam 40, 50, 80 ou mais de 100 horas de nossas vidas. Portanto, ser gamer definitivamente não é fácil.

É por isso que feriados são momentos oportunos para que tenhamos uma brecha na agenda e, além de dedicar mais tempo à família e aos amigos, concentramos nossos esforços em games, com direito à clássica desculpinha esfarrapada para ficar em casa jogando. Quem nunca?

Além do feriado da Semana Santa, que já passou, temos mais dois no horizonte próximo: Tiradentes, no dia 21 de abril, e o Dia do Trabalho, em 1º de maio. Um cai na sexta e o outro nos presenteia em uma segunda-feira, respectivamente, ou seja, ambos estão colados com o fim de semana. O TecMundo Games fez uma seleção com o que há de melhor em jogos neste começo de ano para você curtir esses momentos de folga. Confira!

1. Persona 5

É o principal lançamento de abril, exclusivo para PS3 e PS4. Trata-se da quinta entrada de uma das franquias mais importantes da Atlus. A aventura reserva mais de 100 horas só nas missões principais. Confira nossa análise clicando aqui.

2. Yooka-Laylee

Recém-lançado para PS4, Xbox One e PC, a aventura da Playtonic é um sucessor espiritual de Banjo-Kazooie, um dos títulos mais icônicos do saudoso Nintendo 64. Os criadores, aliás, são os mesmos, e nos agraciaram com uma experiência que traz ótimas doses de plataforma, exploração e coleta de itens escondidos. Nossa análise ainda está em progresso, pois houve um atraso no envio da cópia para a imprensa brasileira.

3. Mass Effect Andromeda

Apesar de não peitar a trilogia da geração passada, ainda há muita qualidade em Mass Effect Andromeda, que se passa 600 anos depois da jornada anterior e coloca os jogadores na pele dos irmãos Ryder, que desvendam uma galáxia bem diferente da Via Láctea. No final das contas, Andromeda continua respeitando os alicerces de uma ópera espacial. Confira nossa análise clicando aqui.

4. Halo Wars 2

Principal exclusivo da família Microsoft neste início de ano, Halo Wars 2 provou que o gênero de estratégia em tempo real, ou RTS, ainda tem muito suor para dar. Nem é preciso ser fã de Halo para curtir o que há de melhor aqui. Confira nossa análise clicando aqui.

5. Nioh

Se você ainda não se aventurou pelo masoquismo chamado Nioh, aproveite os vindouros feriados. Inspirado em Dark Souls e com requintes de Onimusha e Tenchu, o jogo da Koei Tecmo, exclusivo para PS4, é uma extensa jornada por uma terra samurai que vale cada centavo e cada minutos investidos. Confira nossa análise clicando aqui.

6. The Legend of Zelda: Breath of the Wild

Eternizado na memória de qualquer jogador saudosista, Zelda se destaca por conseguir, a cada jogo, inovar uma fórmula usada há décadas. Breath of the Wild não é diferente: essa é a primeira vez que a série assumiu a postura de “mundo aberto”, tal como é concebido atualmente. Trata-se da melhor opção para o seu Switch ou Wii U. Confira nossa análise clicando aqui.

7. Resident Evil 7

O principal título de janeiro é também uma das melhores alternativas de terror, gênero que tem recebido poucos nomes de peso nos últimos meses. Resident Evil 7 é um regresso às raízes da série e, ao mesmo tempo, um largo passo à frente. Confira nossa análise clicando aqui.

8. Yakuza 0

Aficionados pela cultura oriental têm um banquete de conteúdo em Yakuza 0, exclusivo do PS4 e do PS3 (Japão). Aqui, há códigos de conduta da máfia japonesa, exploração por restaurantes e pocilgas do subúrbio, apostas em jogos de azar e muito mais. O sistema de combate arcadezado dá o tom das inesquecíveis lutas corporais contra bandidos e rivais em becos sujos e decadentes. Confira nossa análise clicando aqui.

9. Kingdom Hearts HD 2.8 Final Chapter Prologue

Eis uma das melhores coletâneas lançadas nesta geração até agora. São dois jogos completos e uma animação reunidos em um só pacote com, facilmente, mais de 100 horas. O casamento da Disney com a Square Enix deu certo e funciona há mais de uma década. Confira nossa análise clicando aqui.

10. Horizon: Zero Dawn

O maior exclusivo do PS4 em 2017 até aqui é também um dos títulos mais importantes do gênero ao qual pertence. A jornada de Aloy é consistente, madura e abertamente inspirada em todos os ingredientes que funcionaram nas fórmulas de mundo aberto. Aproveite os feriadões para caçar a platina, que não é difícil. Confira nossa análise clicando aqui.

11. Ghost Recon: Wildlands

O mundo aberto boliviano da Ubisoft é um parque de diversões para quem curte jogar com os amigos. Apesar da receita se repetir entre as missões, não se engane: Ghost Recon Wildlands é tão viciante quanto qualquer outro multiplayer disponível no mercado. Confira nossa análise clicando aqui.

12. For Honor

Outro título que mostra o apelo da Ubisoft em apostar nos jogos online, For Honor pode ser uma boa opção para dar aquela “quebrada” em alguma outra coisa mais densa que você esteja jogando. A campanha é larápia, mas o multiplayer vale a pena. Confira nossa análise clicando aqui.

13. NieR: Automata

Yoko Taro é um daqueles japoneses que têm parafusos diferentes dos nossos, e isso se reflete precisamente em NieR: Automata. O jogo traz uma mistura de hack’n’slash, RPG e exploração num mundo aberto com personagens pitorescos e cheios de peculiaridades. Para quem curte progressão lenta com uma dose de humor oriental, a experiência é completa. Confira nossa análise clicando aqui.

---

O que mais?

Claro que esses são alguns dos títulos recentes que você pode aproveitar nos feriadões que estão por vir. Nada impede que você tenha pendências antigas, oras – afinal de contas, 2016 foi um ano recheadíssimo para a indústria. Conte para nós, aqui na seção de comentários, o que você está jogando atualmente e como pretende aproveitar as folgas das próximas semanas. E ah: viajar também vale, tá?