O tempo tarda, mas não falha. Ainda mais quando a situação envolve um mito da música pop como Michael Jackson. A relação entre o artista e a SEGA era bastante sadia. À época do lançamento, Sonic the Hedgehog 3 tinha um rumor interessante circulando entre os jogadores, a imprensa e a indústria: a participação do ídolo ao escrever a música para o game. E agora, 23 anos depois, o fato foi confirmado. Sim! Michael Jackson oficialmente participou – e de forma muito ativa – do projeto.

Quase 23 anos após o lançamento do título do ouriço, o Huffington Post, em uma matéria fantástica, alega que tem a confirmação definitiva de que o artista de fato participou da trilha sonora do game. O portal ainda explica as razões pelas quais o músico não foi creditado.

Em formato de dossiê, a reportagem explica que, apesar de a SEGA sempre ter negado envolvimento, três dos seis compositores creditados no jogo – Brad Buxer, Bobby Brooks e Doug Grigsby – afirmam que Michael trabalhou pertinho do time responsável pela composição da trilha sonora.

Originalmente, a equipe havia escrito as músicas como faixas de “perfil pesado”, que precisavam ser compactadas para caber num cartucho junto aos outros itens técnicos necessários. Essa é, de acordo com o site, uma das principais razões pelas quais o dançarino não foi creditado, uma vez que ele estava infeliz com a qualidade do formato compactado das músicas de Sonic 3.

A velha história de Michael molestar crianças...

A outra razão é um pouco mais controversa: ao mesmo tempo em que estaria compondo a trilha sonora, Michael foi acusado de molestar uma criança de 13 anos. Com isso, muitos de seus patrocinadores e responsáveis por relações públicas saíram do projeto, e o nome do cantor foi pro limbo.

As acusações do suposto envolvimento de Michael com o adolescente tiveram início no momento em que a equipe de desenvolvimento enviou a trilha sonora para a SEGA aprovar o material. De acordo com o ex-executivo da SEGA Roger Hector, isso significou que toda a música precisou ser reescrita e recomposta sem a participação do artista, apesar de o material ter sido inserido no conteúdo final.

Grigsby, um dos músicos supracitados, diz que a música de Michael “certamente ainda está lá [no jogo]”, informação corroborada por Howard Drossin, o profissional contratado para substituir a participação do astro pop após a ruptura com a SEGA. O substituto diz que “não tocou” em algumas das faixas e apenas fez pequenos ajustes e edições.

A conexão entre Michael Jackson e Sonic the Hedgehog 3/SEGA sempre foi notória, mas nunca 100% confirmada. É interessante ver um dossiê tão recheado quanto o do Huffington Post para apurar a veracidade dessas informações e finalmente responder a um dos maiores mistérios da história dos video games. O que você achou?

Michael Jackson 3 realmente participou da trilha sonora de Sonic 3! Discuta o assunto no Fórum do TecMundo Games.