Foram anunciados pela Agência Nacional do Cinema (ANCINE), órgão que regula o setor audiovisual nacional, os vencedores do primeiro concurso de investimento em jogos eletrônicos, feito em parceria com a Abragames. A iniciativa foi voltada à indústria brasileira de video games.

O projeto, chamado de "Brasil de Todas as Telas", tinha como objetivo injetar R$ 10 milhões em 23 projetos de desenvolvimento de games do país todo. Para a agência, esse reconhecimento oficial irá vai transmitir para o resto do mundo o potencial dos jogos brasileiros. Afinal, com essa grana, o desenvolvimento do mercado interno vai gerar uma confiança ainda maior internacionalmente, o que pode atrair mais investidores e publishers estrangeiros.

No total, foram 123 projetos inscritos, de todas as regiões do país. Os estados mais representados pelos participantes foram São Paulo (32), Rio de Janeiro (20), Bahia e Rio Grande do Sul (ambos com dez). Além desses, houve adesão de todo o canto do país, sendo no total: 60 do Sudeste, 24 do Nordeste, 27 do Sul, oito do Centro-Oeste e quatro da região Norte.

O gênero de jogos mais popular entre os participantes foi ação e aventura, seguido da categoria puzzle e plataforma e estratégia. A plataforma mais utilizada foi o computador, responsável por 40,7% dos games inscritos, seguido pelo mobile, com 39%. A realidade virtual não ficou de fora e foi bem representada por 12 títulos.

Vencedores

Os prêmios foram divididos por níveis, sendo eles: Categoria A, que reuniu dois projetos receberam até R$ 1 milhão; Categoria B, que teve 13 projetos escolhidos, com prêmios de até R$ 500 mil; e, por último, Categoria C, com oito vencedores que ganharam até R$ 250 mil.

Os premiados foram:

Categoria A

  • Arani (Diorama Digital - Pernambuco)
  • Out of Space (BS Jogos Eletrônicos - Distrito Federal)

Categoria B

  • Areia (Raimbault Humberto & Pereira - Minas Gerais)
  • Bugidroids (44 Entretenimento Interativo - São Paulo)
  • Demagnete VR (BitCake Studio - Rio de Janeiro)
  • Guts (Flux Game Studio - São Paulo)
  • Hero Among Us (A.D.F Desenvolvimento de Jogos - São Paulo)
  • Keen (Cat Nigiri - Santa Catarina)
  • RacketBoy, da Double Dash Studios (do Rio de Janeiro)
  • RaidBoss, da Oktagon Games (do Rio de Janeiro)
  • Sand Bullets, da Duaik Entretenimento (de São Paulo)
  • Silo (J. O. de Queiroga - Amazonas)
  • Super Volley (SouthBox Game Studio - Rio Grande do Sul)
  • Terracodex: As Onze Relíquias (Webcore Studios - São Paulo)
  • Tetragon (Cafundó Estúdio Criativo - Santa Catarina)

Categoria C

  • Addle Earth (Sunland Studios - Minas Gerais)
  • Baconrun! (Kokku Games - Pernambuco)
  • Cupins de Tromba Trem (Copa Studio - Rio de Janeiro)
  • Gravity Heroes (Studica Brasil Software - São Paulo)
  • Josh Journey: Totens da Escuridão (Iuri Araújo Cardoso - Goiás)
  • Kriaturaz (Messier Games - São Paulo)
  • Musashi x Cthulhu (Sandro Tomasetti - Paraná)
  • Projeto Sertão – EP. 2 (Virtualize Interatividade Digital - Bahia)

Junto com os vencedores, foi anunciado o próximo concurso, que já está com o edital e as inscrições em aberto, também com investimento de R$ 10 milhões como prêmio. Para saber mais informações sobre essa nova etapa, você pode conferir este link.