Um dos intuitos de Assassin's Creed Origins é refinar o sistema de combate da franquia. A Ubisoft fala sobre essa particularidade desde que o título foi anunciado, e o vídeo adiante, comentado pelo diretor Ashraf Ismail, faz o favor de esmiuçar alguns detalhes interessantes.

A principal novidade é que o jogo utilizará aquilo que chamamos de sistema "hitbox", isto é, quando a distância, a velocidade da arma e o seu posicionamento são fundamentais para o sucesso nos duelos. Além disso, uma generosa variedade de armas será oferecida, entre opções de curto, médio e longo alcance, incluindo arco e flecha, manoplas, espada e escudo, lanças, machados gigantes e mais. Confira:

Mais RPG

De acordo com o diretor, esse será o Assassin's Creed "mais RPG de todos". O equipamento terá atributos específicos e efeitos que podem determinar, de forma direta, sua performance – como dano de fogo, veneno e outros.

A ideia é que o combate seja "mais difícil" e ofereça uma curva de aprendizado que permita aos jogadores encontrar um estilo. Alguém aí ouviu Dark Souls? Bem, a inspiração é clara – e muito bem-vinda.

Confira nosso teste

O repórter Felipe Gugelmin teve a oportunidade de jogar um longo trecho da nova aventura durante a E3 2017 e conta tudo bem aqui. Assassin's Creed Origins será lançado no dia 27 de outubro para PS4, Xbox One e PC.