Sentindo saudades de se aventurar um pouco mais no mundo de Digimon Story: Cyber Sleuth? Pois saiba que você vai ter novos motivos para fazer isso em um futuro não tão distante. Isso porque a Bandai Namco acaba de anunciar um novo capítulo para a história – com o nome de Digimon Story: Cyber Sleuth Hacker’s Memory –, trazendo um novo protagonista em uma aventura inédita.

Dessa vez, o público vai ter a chance de entrar na pele de Kaisuke Amazawa, um jovem injustamente acusado de crimes que não cometeu. Assim, para limpar seu nome (bem como proteger seus amigos e sua família), o garoto não vê outra escolha além de vasculhar o mundo digital.

Por que manter o nome do outro título se tudo mudou, nesse caso? Simples: de acordo com a Bandai Namco, Hacker’s Memory conta o “outro lado” da história do Cyber Sleuth original. Então, não se surpreenda se encontrar vários personagens familiares durante a jogatina.

Junto de tudo isso, vale notar, tivemos um gostinho do que esperar de Hacker’s Memory no trailer abaixo. Além de mostrar Kaisuke, o vídeo apresenta um pouquinho dos digimons, batalhas, poderes e mistérios que vamos encontrar; apenas não tenha esperanças de entender muito do que está acontecendo, já que se trata apenas de uma montagem rápida e cheia de flashes de vários momentos diferentes.

Segundo as informações trazidas pela publicadora, o game vai permitir a você escanear, criar, treinar e batalhar com 320 digimons diferentes (73 a mais do que no título original). Como antes, é claro, a jogatina vai seguir no clássico sistema dos RPGs em turnos durante os combates, com uma boa dose de exploração fora deles – mais exatamente, com 30 novos mapas além de 60 daqueles apresentados no primeiro Cyber Sleuth.

Para aqueles que se animaram com o game, basta ter um pouco de paciência. Isso porque, embora esteja programado para ser lançado no Japão ainda em 2017, Digimon Story: Cyber Sleuth Hacker’s Memory chega ao PS4 e PS Vita (via PSN), nas Américas, no início de 2018. O jogo, vale notar, também chega com o título original da série para quem não teve a chance de jogá-lo.