A família de 3DS da Nintendo não para de crescer, mesmo com tantos anos de vida. Depois de duas versões, uma edição New e o estranho 2DS, chegou o New 2DS XL, que mistura absolutamente tudo já lançado. Mas com o Switch já no mercado e a decadência natural do produto, por que criar um novo? A Nintendo explica.

Quem responde essa questão é Reggie Fils-Aime, presidente da Nintendo of America. De acordo com o executivo, a Big N pensou no New 3DS como um produto intermediário entre o 2DS e o New 3DS XL, ou seja, para quem tem um pouco mais para gastar, mas não faz questão do 3D e quer economizar onde puder.

“O Nintendo 2DS focou muito nos gamers que estão entrando no cenário agora. As crianças de quatro, cinco ou seis anos que estão começando a jogar agora, mas querem jogar Mario Kart, Pokémon etc. E nós sentimos que cobrar US$ 199 (R$ 630) no New 3DS XL, que é um produto recheado de funções, é como transformá-lo no Cadillac dos video games portáteis. E nós ouvimos dos fãs: ‘poxa, eu quero no meio-termo’. E é por isso que criamos o New 2DS XL”, explicou Reggie à revista Time.

Aparentemente, mesmo com boas vendas no Switch, a Nintendo não quer largar a sua galinha de ovos de ouro do momento – ou pelo menos até ver o novo console decolar definitivamente nas vendas. O New 2DS XL será vendido por US$ 149 (R$ 470) no dia 28 de julho deste ano.

...

Não deixe de seguir o TecMundo Games no Instagram para conferir outros conteúdos de games, incluindo eventos e mais