Desde seu lançamento, Overwatch é conhecido por ser um FPS que valoriza o trabalho em equipe e a escolha de classes complementares. Isso mudou um pouco na última quinta-feira (10), quando a Blizzard anunciou que o jogo vai ganhar um modo Deathmatch (conhecido aqui como Combate até a Morte) em sua parte Arcade, na qual todos os jogadores vão estar sozinhos em seus objetivos de permanecerem vivos.

O diretor do game, Jeff Kaplan, reconheceu ter prometido anteriormente que um modo do tipo nunca seria disponibilizado. No entanto, ele afirma que as possibilidades oferecidas pelo Arcade fizeram com que o time de desenvolvimento mudasse de ideia. Segundo ele, a opção permite criar experiências “que normalmente não pareciam confortáveis colocadas no quick-play ou na rotação competitiva”.

As partidas do novo modo Combate até a Morte vão ser constituídas por oito jogadores que têm um único objetivo: matar todos os adversários para se sagrar o vencedor. Kaplan explica que não será preciso ser o grande vitorioso para obter as caixas de loot do modo Arcade, bastando acabar no Top 4 de uma partida para conseguir desbloqueá-las.

O novo modo vai usar versões modificadas de mapas já conhecidos e ganhar pelo menos um cenário totalmente inédito: Chateau Guilliard — local que costumava ser a casa de Widowmaker. Além de servir como palco para o “mata-mata”, a construção também deve ajudar a entender um pouco mais sobre o passado da assassina antes de ela se unir à Talon.