Não é nada fácil mudar a “chavinha” que tem no nosso cérebro quando somos designados a tarefas diferentes. Fazer hambúrguer é uma coisa, mas fritar polenta é outra. Apesar das similaridades por serem atribuições de um cozinheiro, ambos exigem cuidados próprios. Esse é o desafio da Guerrilla com Horizon Zero Dawn: a transição de um shooter como Killzone para um mundo aberto que mistura pré-história e robôs.

A desenvolvedora e a Sony Interactive Entertainment soltaram três vídeos produzidos com toque de alma e arte sobre a concepção do jogo e, sobretudo, dos personagens que habitam o mundo de Aloy, a protagonista da aventura. Transitar de um shooter militar para um RPG de mundo aberto requer decisões conceituais que destoam muito das premissas adotadas em Killzone e beliscam com ideias bastante diferentes – em teoria e na prática.

Os dois vídeos adiante se concentram em apresentar essa evolução de conceitos:

O terceiro, aqui embaixo, foca na criação de Aloy, desde sua concepção básica, rascunhada, até uma heroína ruiva com dreads no cabelo:

Tá chegando!

O lançamento de Horizon: Zero Dawn está agendado para o dia 28 deste mês. O título será lançado exclusivamente para PlayStation 4 e é o carro-chefe da Sony para o início da temporada. O que você achou dos vídeos acima? Conte para nós na seção destinada aos comentários, logo adiante.