Se você é um fã da franquia Kingdom Hearts, sabe que não foi fácil esperar quase cinco anos apenas para saber a data de lançamento do terceiro game da série (que chega só no ano que vem). Em produção por praticamente meia década, por que Kingdom Hearts 3 demorou tanto para chegar nesse estágio de desenvolvimento? O diretor, Tetsuya Nomura, explica.

De acordo com Nomura, a demora não é culpa da equipe de desenvolvimento ou de contratempos que eles tiveram. O diretor explicou que desde o começo da produção, o time inteiro já sabia por cima quanto tempo o desenvolvimento duraria e em que momentos do ciclo de produção o grupo receberia ajuda externa de outras pessoas.

Porém, algumas coisas atrapalharam e prolongaram levemente o ciclo inicialmente previsto, como a mudança do motor gráfico, que foi alterado de uma engine proprietária para a Unreal Engine 4. Nomura ressalta que essas mudanças não vieram dele, ou seja, não foi ele a pessoa que implicou para alterar a base do game.

Contudo, mesmo com essas mudanças, Tetsuya Nomura reforça que a equipe conseguiu se adequar rapidamente aos contratempos e que tudo pareceu maus uma transição natural do que um problema. O que atrasou mesmo a produção do game foi outra coisa: a concessão de pessoal extra para ajudar.

Basicamente, a culpa do lançamento tardio do jogo é da Square Enix, que não emprestou outros times para ajudarem na produção

Basicamente, a Square Enix havia aprovado um plano inicial no qual a equipe trabalharia sozinha no projeto e receberia ajuda de outros times em determinados momentos do cronograma. Porém, com tantos games na linha de produção, a Square acabou revendo esse acordo original e reformulou de acordo com a demanda da época. Em outras palavras: outros jogos foram priorizados e data de lançamento original foi adiada.

Portanto, não se trata de incompetência da desenvolvedora ou alguma decisão de Tetsuya Nomura. Foi a Square Enix que reviu os planos e acabou alterando muita coisa, algo que, infelizmente, afetou diretamente a produção de Kingdom Hearts 3. O game da Square Enix chegará ao PlayStation 4 e Xbox One em algum momento de 2018.