Graças a uma produção limitada do Xbox One Elite Controller, o dispositivo de US$ 150 se tornou um item raro de encontrar durante o período de vendas de fim de ano. A Microsoft admite que isso se deve a um erro cometido por ela mesma, que subestimou a demanda pelo acessório de luxo.

“Aqui está um produto que subestimamos totalmente”, afirmou Chris Capossela ao Windows Weekly. Segundo ele, a resposta que a companhia recebeu durante a E3 era que o preço do acessório “era um pouco alto demais”, o que influenciou diretamente na quantidade de unidades produzidas — provavelmente a declaração partiu de lojistas que participavam de reuniões nos bastidores do evento.

Segundo Capossela, ao visitar algumas lojas durante o período que antecedeu a Black Friday desse ano, a declaração mais escutada era a mesma: “façam mais”. Apesar de o acessório sozinho ter feito grande sucesso, aparentemente ele não foi suficiente para convencer os consumidores a apostarem no bundle em que ele está presente, que pode ser encontrado facilmente nas prateleiras dos Estados Unidos.

Atualmente, somente a loja GameStop parece ter o dispositivo em estoque, mas sua compra está condicionada a um bundle de US$ 199 que acompanha Halo 5: Guardians. Apesar de ter prometido que está cuidando da produção de novas unidades, a Microsoft ainda não sabe informar quando o fornecimento do dispositivo vai ser normalizado.

Você gostaria de ter uma unidade do Elite Controller? Comente no Fórum do TecMundo Games