Falando em uma sessão de perguntas e respostas durante o EGX 2015, Shuhei Yoshida, presidente da Sony Worldwide Studios, foi questionado sobre a possibilidade de um novo portátil produzido pela empresa. Entretanto, na visão do executivo, o cenário não é muito favorável para isso no momento por conta da ascensão dos jogos para smartphones. 

“Essa é uma questão difícil. [As] Pessoas possuem smartphones, e é realmente fácil jogar neles. E muitos jogos para dispositivos móveis são gratuitos ou livres de taxas para começar. Acredito, como muitos de vocês, que essa cultura de jogar em portáteis vai continuar, mas no momento esse clima não é saudável por conta da grande predominância de títulos para mobile”, explicou Yoshida. 

Durante o bate-papo, Yoshida também comentou que é um grande fã do PlayStation Vita, e que o time de desenvolvimento trabalhou duro para desenvolver cada aspecto do portátil. Além disso, ele mencionou que jogos em telas de toque são divertidos, mas que ter analógicos e botões deixa as coisas um pouco diferentes.

Desempenho longe do esperado? 

Caso esteja curioso para saber como o PlayStation Vita se saiu até aqui, basta observar o gráfico que está na sequência. Cortesia do site VGChartz, ele mostra as vendas do PlayStation Vita de janeiro de 2012 até agosto deste ano. Repare que o portátil viu suas vendas mais altas durante o mês de dezembro, voltando a enfraquecer ao longo dos demais meses.

Outro dado que vale ser mencionado é que, numa comparação com o seu principal concorrente, o Nintendo 3DS, o PlayStation Vita teve 12 milhões de unidades colocadas à venda, enquanto o rival alcançou a marca de 53 milhões – e, convenhamos, isso não tem muito ver com o mercado mobile.

Por falar em Nintendo, é válido notar que a casa de Mario decidiu investir no mercado de jogos para celulares, e em breve teremos a oportunidade de ver títulos estrelados pelos personagens da empresa em smartphones e tablets.

Para você, que fatores contribuíram para que o PS Vita não se tornasse tão popular? Comente no Fórum do TecMundo Games