Alguns jogadores que tiveram a chance de experimentar Assassin's Creed: Syndicate relataram alguns bugs presentes no jogo, chegando até a dizer que o título está "mais quebrado do que Assasin's Creed Unity”. Todos sabem como foi difícil conviver com a grande quantidade de problemas presentes em AC: Unity, o que deixa o comentário ainda mais preocupante.

Para se defender das acusações, o produtor sênior François Pelland conversou com o site RedBull. Na entrevista ele destaca que o jogo ainda está em fase pré-Alfa, sendo que existem várias alterações e consertos a serem realizados.

Entretanto, há menos de um mês do lançamento, esses comentários abrem espaço para a discussão sobre um possível adiamento do título. Será que a Ubisoft estaria disposta a lançar o jogo precocemente e passar de novo pelo constrangimento de AC: Unity? Ou será que adiar o lançamento para corrigir os bugs seria tão prejudicial para a empresa?

Assassin’s Creed Syndicate estará disponível em 23 de outubro para Xbox One e PlayStation 4. Já aqueles que aguardam a versão para PC terão que esperar até o dia 19 de novembro, quando essa edição chegará às lojas.

Assassin's Creed: Syndicate deveria ser adiado se estiver com problemas? Comente no Fórum do TecMundo Games