Usuários que baixaram conteúdos ilegalmente na XBLM receberam recentemente um informe dos menos agradáveis: estão banidos até 31 de dezembro de 9999 — ou seja, algo permanente. “Durante o curso de investigações recentes, nós descobrimos usuários que acessaram ilegalmente conteúdos da Xbox LIVE Marketplace. Nossas investigações revelaram que esse acesso foi intencional e não acidental, constituindo flagrante violação dos Temos de Uso para o serviço”, escreveu um representante da Microsoft nos fóruns do Xbox.

Vale ressaltar que nem todos os usuários foram punidos com a expulsão. Entretanto, para qualquer dos casos, a Microsoft diz que não voltará a discutir o assunto. “Nós não vamos divulgar informações adicionais em relação às suspensões individuais relacionadas a essas ofensas”, continuou a postagem.

A empresa acrescenta, entretanto, que foi bastante “cuidadosa” com as medidas tomadas, e que “tem evidências claras” em relação às contas que foram excluídas. “Nós gostaríamos de nos desculpar por qualquer frustração ou confusão resultante da nossa inabilidade em compartilhar detalhes individualmente, e também gostaríamos de agradecer pela cooperação de vocês no que se refere a esse assunto”, conclui a mensagem.